quinta-feira, 4 de março de 2010

IMPULSIVO.


Cometi um impulso ontem, um grito eufórico , cheio de expectativas. E fui frustrado pela realidade. Confesso que errei, mas me foi super útil errar e passar por isso, pois parei e refleti, passei a enxergar e vi que caminho queria seguir realmente, me enxerguei em proporções, tateei melhor. E estou feliz em poder reparar isso. Assim, acima de tudo, leve prejuízo ou não, julgo-me levando a melhor, pois a vivência que passo não há preço que pague.

1 comentários:

Flávia a. disse...

Fez esse texto pra mim né amor?
Me descreveu aí agora, de verdade.


"Assim, acima de tudo, leve prejuízo ou não, julgo-me levando a melhor, pois a vivência que passo não há preço que pague."

E nada faz voltar atrás, mas pra quê voltar se podemos seguir em frente e trilhar um caminho melhor?

Beijos, ily. ♥

Postar um comentário